terça-feira, 3 de abril de 2012

dicas de unhas

Unhas que não crescem, quebram o tempo todo ou descamam nas
pontas muitas vezes estão relacionadas ao uso de produtos muito fortes,
como detergentes ou solventes. Se esse não é o seu caso,
fique atenta à alimentação: unhas fracas podem denunciar falta de proteínas,
vitaminas ou sais minerais, anemia e até desnutrição.
Solução: evite usar produtos muito fortes nas mãos e cuida da sua alimentação.

E assim por diante…

Mas e o monte de dicas estranhas que a gente escuta?
Será verdade que…

Gelatina deixa as unhas fortes?Não, nenhum estudo nunca conseguiu provar isso.
Bom mesmo, segundo os dermatologistas,
é completar a alimentação com leite e derivados,
vegetais de folhas verde-escuras, cereais, pães e ovos,
alimentos ricos em vitamina B-2.Uma alimentação equilibrada e bem colorida é meio caminho andado para ter unhas fortes.

Faz mal tirar a cutícula?Sim. A falta de cutícula deixa a unha mais exposta à entrada de fungos e bactérias.
É melhor só afastar o excesso de pele.

Esmaltes escuros fortalecem as unhas?Mentira. A qualidade do esmalte não está na cor e sim em substâncias que eles podem conter
. Escolha um produto com formol ou timol, que deixa as unhas mais duras.

Óleo de cravo e casco de cavalo deixam as unhas mais fortes?Esses produtos ajudam a fortalecer as unhas, sim,
assim como bases fortalecedoras formuladas por dermatologistas,
com carbonato de cálcio, formaldeído e derivados de quinino na composição.
Mas se os resultados não aparecerem, não insista e investigue:
pode ter alguma coisa errada no seu organismo


Manchas brancasNormalmente é resultado de traumas, mas se as manchas
forem acompanhadas por espessamento, pode ser sintoma de micose.
Calma que tem cura: pra isso, tem que procurar um dermatologista.
DescoladaVocê deve estar twittando muito ou passando tempo demais no msn. Sim
, bater ou atritar as unhas, como a gente faz quando está digitando,
podem acabar descolando a sua ponta.
A culpa também pode ser do uso de removedores, sabões e detergentes fortes,
que facilita a instalação de bactérias e fungos.
AmareladaPode ser causada pela ingestão de algum remédio ou mesmo por contato com
produtos de cor forte,
como autobronzeadores. Quem come muita cenoura,
mamão ou outros alimentos laranjas ou verde-escuros também pode ter a cor das unhas
modificada por causa do pigmento dessas frutas e legumes.
Rachada Pode ser indício de anemia, problemas de tireóide ou resultado de dietas malucas.
Unhas com uma rachadura central, que vai da base à ponta, têm podem estar associadas
a má formação congênita ou mesmo a traumas sofridos na raiz. Nada de mais: se incomodar muito
, apele para unhas postiças
.
OnduladaEm geral, não tem a ver com doenças. O mais comum é que a ondulação seja resultado de um trauma
– como batida ou um apertão na gaveta. Se atingir a parte visível da unha,
a ondulação desaparece conforme ela cresce.
Se a lesão for bem onde a unha se forma (atrás da cutícula), a deformação pode ser permanente.
Nesse caso, não há muito o que fazer…

Nenhum comentário:

Postar um comentário